NAPO- CURTA METRAGEM

Link- Napo

Sobre- Esta Curta-metragem gira em torno de Napo que com o agravamento da sua doença (Alzheimer) precisa ir viver para a casa de sua filha, onde o seu neto reinterpreta fotografias antigas em desenhos que moldam a sua relação e uma história de lembrança e construção de memórias.

Mensagem- Nesta Curta-metragem desenvolve-se um novo olhar sobre a vida de uma pessoa que sofre com a doença de Alzheimer, e mostra a importância da relação de afeto familiar para o bem-estar desta pessoa. Também é uma grande homenagem aos avós, que, em muitas casas, são parte essencial do dia a dia e da criação dos netos. 


Como esta Curta-metragem fez-me sentir?
Eu me chamo Eduarda e quando eu morava no Brasil e tinha cerca de 7/8 anos eu fui viver com os meus avós, eles são pessoas muito importantes para mim e estão presentes nas minhas melhores memórias, eles ajudaram na minha criação e com certeza por conta de todas essas ótimas lembranças eu posso dizer que a minha infância foi muito boa. Eu só tenho a agradecer por todos esses momento que passamos juntos e que ainda iremos passar. Hoje eu moro em Portugal e fazem anos que eu não os vejo, sinto muitas saudades mas sei que ainda iremos criar ótimas lembranças juntos. 
Eles me ensinaram que a felicidade está nas coisas mais simples da vida: Correr na chuva, rir até doer a barriga, refeições com a família, abraços, etc... Me ensinaram a ser uma pessoa forte e principalmente a ser persistente. Quando eu não estava em um momento muito bom, um simples abraço deles já me deixava muito melhor, é o que eu chamo de amor, que é o sentimento mais puro e sincero que pode existir, todos merecem senti-lo e nada o pode comprar. 
Esta Curta-metragem fez-me lembrar dos momentos que eu passei junto com os meus avós e de que eles estarão sempre aqui para mim quando eu precisar e eu estarei aqui para eles. Eu tento retribuir o que eles fazem e fizeram por mim, mas sei que qualquer coisa que eu faça nunca será suficiente para conseguir retribuir tudo.


Elaborado por: Eduarda Rosa, 8ºA

Comentários

  1. Que texto lindo, Eduarda! Tenho muito orgulho em ti ❤😍😘

    ResponderEliminar
  2. Que belo texto sobre a conexão tão forte e importante entre avós e netos. Parabéns Eduarda!
    A propósito da mesma temática de "Napo", sugiro também o visionamento da curta-metragem “O ladrão de rostos”.
    https://www.youtube.com/watch?v=-5NOIyWdRsQ

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

DICA DE LIVRO PARA LEITURA

RESPEITO